sexta-feira, 24 de junho de 2016

Mudança




Ebook que traz uma nova unção e um nivel de conquista que vc nunca alcançou 
Comprar no Amazon Link:Amazon




sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Os Passos para se obter uma Unção Dobrada

Os Passos para se obter uma Unção Dobrada
(1 Reis 19.18-21 ; Tg 4.8)
“Só receberemos a unção dobrada, quando descermos ao nível que Deus quer.”
No AT. A unção o Espírito Santo era dado por porção, em ocasiões especiais e a pessoas especiais. Neste texto encontramos Elizeu pedindo porção dobrada do Espírito que havia no profeta Elias. No NT o Espírito santo é derramado (n/porção) sobre toda a carne. (Jl. 2.28; At. 2.39). A vós a vossos filhos, aos que estão longe e a tantos quantos Deus nosso Senhor Chamar.

Deus havia mandado o Profeta Elias voltar pelo caminho para o deserto após sair da caverna. (1 Reis 19.13-18) e ungir a Hazael para ser Rei sobre a Síria, Jeú, filho de Ninsi para ser Rei sobre Israel, e a Elizeu filho de Safate, de Abel –meolá profeta em lugar dele.
Elias sai ao encontro de Elizeu e encontra-o trabalhando arando com 12 juntas de bois. Para ter 12 juntas de bois era sinal que ele tinha uma vida equilibrada, precisou abdicar-se de seus bens.

Elizeu despediu de seus pais, tomou a junta de bois e os imolou, fazendo um churrasco para todos. Esta atitude retrata a renuncia quanto a sua vida e atividades anteriores, passou a seguir o Profeta Elias e o servia. (Fl.3.13; Gn. 12; He 12.1). Quantos querem a unção dobrada mas não estão disposto a pagar o preço da renuncia dos negócios, família, prazeres, posição social, obedecer ao chamado do Mestre e submeter-se a Sua vontade. A dupla unção virá quando tivermos objetivos específicos. Para que? Ou com que finalidade estou pedindo?

No cap. 2 de 2 Reis, Elias começa uma viagem que culminaria em seu arrebatamento, mas Elizeu não o deixa um momento sequer. Vejamos:
1) 2 Reis 2.1: “Fica”  em Gilgal. O primeiro teste para Elizeu, porém ele não fica. Gilgal representa o lugar onde chegamos após ter passado pela experiência da Salvação. Muitos se sentem tão confortáveis neste lugar que não querem mais sair (Exemplo Igreja Primitiva) esquecem que Gilgal é apenas o início de nossa jornada Cristã.

 Não devemos nos conformar apenas com a primeira experiência, Deus tem ainda muito mais para nos revelar. (Jr.33.3; Is.45.2,3; Ef.3.20). Responder-te-ei eanunciar-te-ei, coisas grandes e ocultas e dar-te-ei os tesouros da escuridade e as riquezas encobertas.

2) 2 Reis 2.2,3: “Fica” em Betel. Elias e Elizeu foram a Betel.  Lugar de grandes conquistas e decisões, lugar onde o crente pode submeter-se e render-se a Deus. Betel significa “Casa de Deus” onde o crente morre para os seus próprios desejos. Foi o lugar onde Jacó lutou com um anjo e prevaleceu. Onde teve um sonho com uma escada cujo o topo chegava ao Céu. (Gn28.12.19). Para alguns Betel é sucesso, para outros é nada menos do que fracasso, mas não é em Betel (Igreja) que vamos encontrar a dupla unção.

3) 2 Reis 2.4,5: “Fica” aqui, pois o Senhor me enviou a Jericó.  Aqui está um momento de decisão, ficar em Betel ou retornar a gilgal ao princípio ou avançar e desfrutar das maiores bênçãos de Deus. Jericó é lugar de ação, de batalha, de grandes murralhas, mas também de grandes conquistas e vitórias.  Quando o crente chega a Jericó (mundo) há um confronto direto entre o crente e o inimigo, ele opõe-se ao crente atacando suas finanças através de problemas financeiros, seu corpo, enfermidades e suas emoções, traumas, desapontamentos, seus familiares , violência, desreipeito, confusão, desamor.

 É ali que temos que combater contra os demônios e toda a força do inferno. (Mt.16.18) Mas também ali e que entrará sem ação em nosso favor o Capitão do Exércitos Celestiais. Quando resolvemos sacrificar o nosso “EU” (Gl.2.19) o diabo surge fazendo grande oposição, mas estejamos certos que a Vitória é nossa e é garantida pelo Senhor dos Exércitos. 
(Rm. 8.31,37; 1 Co.15.57; Fl.4.13; 1 Jo.4.4). É neste ponto que satanáz procura nos distrair para que não recebamos a  unção dobrada, por que Ele sabe que um crente ungido pode desfazer as obras Dele. (Lc.4.18) Deus está sempre pronto a outorgar-nos este Poder para avançar-mos Vitoriosamente. (At.1.8; Lc.10.19).

4) 2 Reis 2.6-15: Jordão – “Aquele que desce” É aqui que Deus abre os nossos olhos e recebemos a visão espiritual. Foi no momento de luta quando estavam cercados é que o Profeta Elizeu orou para que Deus abrisse os olhos de seu moço Geazi. Há muitos crentes derrotistas e pessimistas, porém quando os olhos são abertos pelo o Senhor a história muda e o medo se transforma em coragem e nos tornamos Gigantes espirituais.

Foi ai que Elizeu ao ver Elias sendo Transladado, rasgou as suas vestes, desligando-se mais uma vez do passado e do velho homem, apanhou a Capa de Elias ( 2 Reis 2.8-13) e assumiu o posto de Profeta. (Só depois que Elias foi transladado, antes ele apenas seguia o Profeta Elias). Temos que crer na Palavra de Deus e entrar no Santo dos Santos como filhos de Deus e com ousadia.

Nós somos importantes e vitoriosos no Nome de Jesus e na Sua Palavra. Foi neste ponto (v.9), que o Profeta Elias para de dizer para Elizeu fica aqui mudando a expressão de uma ordem para uma pergunta. (vv.10-12) Pede-me o que queres que eu te faça? Elizeu sem titubiar pede porção dobrada do Espírito que havia no profeta Elias. Como ele seguiu os passos de Elias, recebe o que havia pedido e com a Capa de Elias realiza o primeiro milagre abrindo o Rio Jordão diante da Escola de Profetas , tornando-se o professor deles. Elizeu realizou o dobro dos milagres que Elias realizou, o ultimo milagre registrado em (II Reis 13.20,21) ele já estava morto. (tropas de moabitas).

Não procure ser igual a ninguém, seja você mesmo, porque para cada um Deus tem um projeto diferente. Procure sempre ser melhor, pois Deus quer te usar. Seja sábio peça sempre mais.
Que Deus te abençoe e que você entenda que a Unção de Deus quanto mais se busca, mais Ele tem para dar.
Pr. Daniel Rosa



quinta-feira, 21 de agosto de 2014

A FÉ QUE AGRADA A DEUS




Igreja - Estudos Bíblicos
Definição bíblica de fé
Hb 11.1 - Ora a fé é o firme fundamento ( certeza ) das coisas que se esperam e a prova das coisas que se não vêem.

Existe a fé natural que é baseada nas condições dos sentidos naturais.
Caso do discípulo Tomé, em Jo 20.5 - Se eu não vir o sinal dos cravos em suas mãos e não puser o dedo no lugar....de maneira nenhuma o crerei.
Existe também a fé espiritual, que se basea no mistério de Deus.

Jo 4.24 - Deus é espírito e importa (lhe agrada) que os que o adoram o adorem em espírito ( no mistério ) e em verdade ( seguindo/obedecendo a Palavra de Deus - A Bíblia )
Jo 20.29 - ...bem aventurados os que não viram e creram.
A fé que agrada a Deus é a fé espiritual.
Hb 11.6 - Ora sem fé é impossível agradar-lhe, porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus, creia que Ele existe e que é o galardoador (presenteador) dos que o buscam.

A fé espiritual é um presente de Deus.
A fé espiritual consegue abrir o coração de Deus. Abre o portal do céu.
A fé que agrada a Deus é aquela que se firma nas suas palavras...nas suas promessas.

Jo 14.23 - Jesus respondeu e disse-lhe: Se alguém me ama, guardará a minha palavra e o meu Pai o amará e viremos para ele e faremos nele morada.

A fé espiritual abre o portal de uma intimidade profunda com Deus.
A fé espiritual precisa ser exercitada para que possa crescer. Se não ela morre !!

Tg 2.26 - Porque assim como o corpo sem espírito está morto, assim também a fé sem obras (sem ação) é morta.

A incredulidade ( a dúvida ) anula o poder da fé.
O medo do mistério de Deus anula o poder da fé.
O orgulho anula o poder da fé.
Muitos crentes não conseguem realizar os sinais e prodígios preditos na bíblia por incredulidade, por medo e orgulho.

Mc 16.17 - E estes sinais seguirão aos que crerem: Em meu nome expulsarão os demônios; falarão em novas linguas...e porão as mãos sobre os enfermos e os curarão.
Incredulidade causa falta de poder - Mt 17.20 - E Jesus lhes disse: por causa da vossa pouca fé como um grão de mostarda direis a este monte passa daqui para acola e há de passar e nada vos será impossível.

Medo causa impotência e timidez - Mc 4.40 - E disse-lhes: porque sois tão tímidos? Ainda não tendes fé?
Se você ainda não conseguiu se libertar das dúvidas, do medo e do orgulho, ore a Deus e peça que Seu Santo Espírito o liberte e o cure desses pecados!!

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Cultive uma nova autoimagem

A Bíblia é o livro do sucesso. E um "livro de fotografias", que
contém um "retrato" de Deus, de você e dos outros.
Na Bíblia, você pode ver uma "foto" de Abraão, e entender o sucesso
dele. Pode ver uma "foto" de José, e compreender seu sucesso.

 Você poderá ver "fotos" de pessoas como Elias, Jonas e Paulo, em momentos de
estresse e de triunfo. Enquanto se torna mais e mais familiarizado com a
Palavra de Deus, você constrói em sua mente uma galeria de imagens com
histórias de sucesso de pessoas descritas na Bíblia.

Quando você estudar essas "fotografias", descobrirá logo que outra
imagem começará a formar-se. Você verá a si mesmo nessas fotografias
mentais. Verá não o que tem sido, mas como será; não onde esteve, mas
aonde irá. Esta nova imagem mental de si mesmo deve tornar-se o seu
objetivo. Por meio da assimilação diária da Palavra, você poderá reforçar
sua autoimagem e ver-se como Deus o vê.

Seu destino pode ser determinado pela forma como você vê a si
mesmo. Nunca se permita dizer que é estúpido, burro, fracassado. Em vez
disso, veja-se mentalmente como uma pessoa inteligente, brilhante,
vencedora. Por quê? Porque você tem acesso à mente de Deus. A Bíblia
recomenda: De sorte que haja em vós o mesmo sentimento que houve
também em Cristo Jesus, que, sendo em forma de Deus, não teve por
usurpação ser igual a Deus (Filipenses 2.5,6).

Seu autorretrato
Por meio da mente de Cristo, você verá um retrato de sucesso, uma
imagem que foi reformulada de você, sem as manchas do fracasso e as
rugas da fraqueza. O resultado será a fotografia de um vencedor, que revela a forma como Deus o vê. Ele tem um maravilhoso e emocionante álbum de fotos suas. Ele vê todos os seus pontos fortes, as boas qualidades e os atributos positivos.

Satanás tentará mostrar-lhe uma fotografia do seu pior. Ele vai
lembrá-lo do que você era e de seu ponto mais fraco. Ele possui uma
fotografia de quando você estava "para baixo" e a colocará em sua frente o tempo todo. Ele também usará uma lupa para ampliar os seus defeitos e
dirá: "Olhe como você é ruim... como é feio!" O objetivo do inimigo é
fornecer uma imagem diferente daquela que Deus tem de você.

Quantas pessoas passam todo o seu tempo olhando fotografias de
seus fracassos e tentando encobrir o que é uma imagem distorcida.
Problemas entre as pessoas às vezes começam quando elas começam
a trocar umas com as outras essas feias fotografias.

Uma mulher olha para o marido e diz: "Não posso suportar o modo como você é desorganizado,
deixando suas roupas no chão. Estou cansada de juntá-las". Ele retruca:
"Como você é preguiçosa. Nunca mantém a louça lavada. Não cozinhou
por uma semana! Estou cansado de voltar para uma casa suja!"

As pessoas trocam fotografias que mostram o pior do outro, em vez
de reforçar as boas imagens, os pontos fortes. E, enquanto isso, elas
continuam no fracasso.

Mas, no momento em que elas começam a ver umas as outras como
Deus as vê, 99% de suas áreas de pressão e problemas são resolvidos
porque, se elas conseguem ver a si mesmas pelos olhos de Deus, podem
concentrar-se no potencial, e não nos problemas umas das outras.

PRINCÍPIO DE SABEDORIA 63:
Você sempre lutará inconscientemente para se tornar

o que acredita ser, de acordo com o seu autorretrato.
MIKE MURDOCK

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014

Ser Discípulo


Ser Discípulo
Autor(a): Pr. Silmar Coelho

Ser discípulo e querer crescer. Somente aquele que descobre a alegria e o excitamento de crescer está preparado para liderar o povo de Deus. Crescer é estar aberto a novos lugares, novas experiências, e novos desafios.
Ser um discípulo significa muitas vezes ficar sozinho, ter uma pequena fé, sentir medo ou dúvidas. Contudo, seguir em frente sem desistir apesar do medo. É ter fraquezas, sabendo que nelas o poder de Deus aperfeiçoa-se. É ser livre, mas tornar-se escravo de todos. É viver numa fronteira, numa corda bamba, andando por um fio, entre a vitória e a derrota, entre o sucesso e a queda. É viver uma criativa tensão entre fé e medo, entre crer e não crer. É muitas vezes dizer: "Se possível passa de mim este cálice".

É na crise surgem nossos velhos fantasmas e problemas. Entretanto, Deus faz nascer novas oportunidades e nos revela passos para o adiante, fazendo com que vivamos no presente Seu futuro reino. Ser discípulo é trazer o que não existe para o agora e para o já. É ter um estilo de vida tal, que uns respeitam, outros criticam e muitos outros querem imitar.

Ser um discípulo é viver com um Deus criativo, que cada dia faz acontecer algo novo, de tal modo que nos é impossível relatar todas as nossas experiências. É ter a experiência do ontem, mas viver um novo e pleno hoje. Na presença de Deus existe dinâmica e alegria. Deus e Deus da aventura e do excitamento. Rotina não existe no dicionário de Deus.